Gelato: sorvete italiano não é sorvete, saiba onde encontrar as melhores galaterias da Itália.

gelato-italia-ickfd

Todo país tem suas particularidades culturais e aqueles pequenos pontos sensíveis que a gente deve respeitar. No caso da Itália, esses pontos tem muito a ver com comida. Lembra que a gente contou que você nunca deve  pedir um espaguete à bolonhesa na terra dos nonnos e nonnas? E quem nunca ouviu falar que os italianos detestam as invenções que fazemos com as pizzas? Agora eu vou acrescentar mais um item à lista de coisas que você deve saber sobre a gastronomia italiana: não confunda gelato com sorvete.

No planeta inteiro, muitos costumam afirmar: o sorvete italiano é um dos melhores do mundo. O pessoal lá até concordaria, exceto pelo fato de que eles afirmam que não existe esse tal de sorvete italiano. O que existe é o gelato, e as diferenças entre um e outro vão muito além dos dinheiros a mais que você paga pelo produto made in Italy.

Gelato-Sorvete Italiano

De fabricação artesanal, os gelatos tradicionais possuem menos ar em sua composição, não utilizam corantes, conservantes ou aromatizantes e, ao contrário do seu primo industrializado, são sempre feitos com frutas da estação e ingredientes frescos. Já deu para perceber que em comum, eles só têm o fato de serem servidos geladinhos, não é mesmo? Pois até isso é diferente: os gelatos são armazenados em temperaturas mais altas que os sorvetes, o que, além de favorecer a textura (reparem como o gelato é mais cremoso e o sorvete é congelado), ainda ajuda o nosso paladar a absorver melhor o sabor, já que ele não fica anestesiado pelo frio.

Pensa que acabou? Quem toma gelato não prejudica tanto a silhueta: além de ter de 50% a 60% a menos de gordura que o sorvete, a sobremesa italiana também tem bem menos açúcar.

Getalo-Sorvete Italiano 2

Mas tirando o fato de que o gelato engorda menos, saber esses aspectos técnicos não é tão importante quanto a obrigação de encher a cara de gelato toda vez que você pisar na Itália. Na última temporada na Europa, foram 20 dias de gordice e um sabor por dia. Tem para todo mundo: amarena, pistache, coco, chocolate, amora, melão, manga, tiramissu e tantos outros ao gosto do chef. Até o de morango, um grande rejeitado no mundo dos sorvetes, fica na lista dos gelatos que todo mundo deveria provar. Os meus favoritos, no entanto, eram aqueles que tinham nutella. Quanto mais nutella, melhor.

História do Gelato

Sabores de Gelato

Foram necessários milênios para que a sobremesa fosse vendida com essa variedade de sabores toda. As origens do gelato são incertas: algumas vertentes dizem que quem teve a ideia de congelar leite e arroz na neve foram os chineses – sempre eles -, e Marco Polo se encarregou de levar a guloseima para o Ocidente, assim como dizem do macarrão. Reparem que essa versão da história dá aos chineses o crédito por duas das maiores invenções da gastronomia italiana e mundial. Sim, leitores: os chineses criam, os italianos melhoram e com isso os almoços de domingo foram salvos para todo o sempre.

Também existe quem afirme que foi o imperador romano Nero que mandou buscar neve das montanhas para comê-la com frutas. Mas, sei lá, acho difícil alguém olhar para um pico nevado e ter um estalo do tipo “e se eu pegasse aquela neve e colocasse umas maçãs nela pra comer de sobremesa?”. Se bem que esses imperadores são todos meio excêntricos mesmo. Vai saber…

Read more: www.360meridianos.com

 

As pessoas costumam fazer viagens para a Itália por conta da gastronomia do país. Afinal, é um dos destinos mais associados à culinária no mundo inteiro! No quesito sobremesas, é difícil não pensar em gelato quando a gente fala de Itália.  E vamos combinar: não existe nada melhor do que parar a cada cinco minutos para tomar gelato enquanto caminhamos por cidades como Roma, Florença, Milão e Veneza em dias pra lá de quentes no verão!

Vamos ver um guia rápido dos melhores gelatos da Itália.

gelato-latartinegourmande-ickfd-italiaFonte: La Tartine Gourmande

Há uma rede de gelaterias chamada GROM que está presente em uma série de cidades da Itália e também conta com várias unidades no exterior. O gelato é ótimo e você não vai se arrepender de parar em uma delas. Além da GROM, a Venchi, que foi fundada em 1878, também costuma oferecer um bom gelato ao longo das suas várias unidades espalhadas pela Itália.

Há, porém, outras gelaterias mais regionais que possuem menos unidades. Algumas delas estão presentes em apenas uma determinada cidade da Itália e fazem muito sucesso localmente. Veja alguns endereços de gelato pelas cidades italianas!

urbansecretgarden-gelato-guia-roteiro-italia-ickfdFonte: Urban Secret Garden

MILÃO

Cioccolati Italiani: uma das minhas gelaterias preferidas de Milão, ela tem muitas variações de sorvetes de chocolate. Isso sem contar a quantidade imensa de opções de toppings. Há também várias outras opções de doces com sorvetes. Fica a poucos passos da Piazza del Duomo.

Endereço: Via San Raffaele, 6.

Il Massimo del gelato: tem sabores mais clássicos e é muito lembrada como uma das melhores gelaterias de Milão. Por conta disso, costuma estar lotada às vezes.

Endereço: Via Lodovico Castelvetro, 18.

gelato-wooderice-ickfd-italiaFonte: Wooderice

ROMA

Come il latte: não muito longe da Roma Termini, eu diria que essa gelateria ainda é um lugarzinho um pouco escondido. Mesmo assim, seus sabores são ótimos! É um achado para quem gosta de gelato.

Endereço: Via Silvio Spaventa, 24/26.

Ciampini: um clássico de Roma, a Ciampini é uma espécie de café em uma piazza de Roma onde você pode sentar e passar o tempo. Ela ganhou fama mesmo, porém, pelo seu gelato!

Endereço: Via del Leoncino, 26.

gelato-afar-italia-ickfdFonte: Afar

FLORENÇA

La Carraia: sendo Florença considerada o local de origem do gelato, a cidade tem obviamente ótimas gelaterias. La Carraia com certeza está entre as melhores pela qualidade dos sabores que oferece.

Endereço: Piazza Nazario Sauro, 25r.

Vivoli: é uma das mais antigas e famosas gelaterias de Florença. Os sorvetes são servidos apenas no copinho, não na casquinha. Vale a pena provar o sabor de millefoglie.

Endereços: Via dell’Isole delle Stinche, 7r.

Processed with VSCOcam with a8 presetFonte: Staialborgo

VENEZA

Gelateria Alaska: com alguns sabores mais exóticos e outros bem clássicos, a Gelateria Alaska é um melhores locais para o seu “momento gelato” em Veneza.

Endereço: Calle Larga de Bari, 1159

San Gimignano

Gelateria di Piazza: na minúscula cidadezinha medieval de San Gimignano, essa gelateria já recebeu uma série de prêmios nacionais e internacionais. Continua oferecendo um dos melhores sorvetes da Toscana e é uma das atrações mais importantes de San Gimignano, localizada na sua principal piazza.

Endereço: Piazza della Cisterna 4.

gelato-veneza-emeraldcitydreams-ickfdFonte: Emerald City Dreams

Deixe uma resposta

Nota: Os comentários neste website refletem as opiniões de seus autores e não necessariamente a opinião dos editores do Temporadas.Net. Pedimos que não use de insultos, palavrões e expressões vulgares. Reservamo-no o direito de excluir qualquer comentário sem prévio aviso.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*