Imperdível! tradição, magia e muito sabor. O natal em diferentes regiões da Itália.

blog-natal

Confira como o Natal na Itália é celebrado nas diferentes regiões.

O dia de Natal, festejado em 25 de dezembro, é comemorado em quase todo o mundo. Para o povo cristão, celebra-se o nascimento de Jesus Cristo, mas muitos não cristãos também comemoram a data, reunindo tradições como a montagem da árvore de natal, a entrega de presentes para as crianças pelo Papai Noel, reunião da família para uma farta ceia, entre outras.

Em relação ao Natal na Itália, existe um provérbio que diz: “Natale con i tuoi e Pasqua con chi vuoi” (Natal com os seus e Páscoa com quem quiser). Esse provérbio reforça a ideia de união familiar na época do Natal.

Cada país tem sua tradição e o comemora de uma maneira bem específica. Na Itália, cada região tem uma característica diferente.

 Piemonte

Natal na Itália - Piemonte

O Natal no Piemonte é muitas vezes celebrado através representações sacras, presépios esculturais e presépios vivos.

A encenação da adoração popular do Menino Jesus está espalhada por todo o Piemonte, onde o personagem típico é “Gelindo”, que na véspera de Natal guia os pastores para a igreja para entregarem suas ofertas para o Salvador. Recitado no dialeto de Alexandria, trata-se da história de pobres pastores alexandrinos que vão adorar o Menino Jesus: uma performance que mistura o sagrado e o profano, com referências satíricas frequentes à realidade contemporânea, piadas e brincadeiras dos protagonistas. Tradicional do Piemonte é também o visco, planta que cresce selvagem em muitas áreas e é um símbolo de boa sorte nas festas de Natal.

 Vêneto

fbeffccf3fed7f7c5846873a4b09e989_XL

Na região do Vêneto, assim como em outras cidades vizinhas, as ruas durante o período de Natal ficam iluminadas e tomadas por mercadinhos natalinos. Um dos mais famosos é o “Banchetti di Santa Lucia”, realizado na Piazza Bra nos dias que circundam o dia 13 de dezembro – dia de Santa Luzia (Santa Lucia) – que conta com a presença de mais de 300 barraquinhas de doces, artesanato e produtos típicos.

Verona também se destaca por seu símbolo natalino: uma magnífica estrela cadente branca que emerge da Arena de Verona e repousa exatamente sobre a Piazza Bra. A cidade de Romeo e Giulietta, que já é repleta de encantos, na época do natal se torna única, lúdica, acolhedora e convidativa. Vale a pena conhecer!

Em Veneza, também se destacam os diversos mercadinhos de Natal que se espalham por toda a cidade. Valendo-se do charme de seus canais, Veneza promove eventos musicais, culturais e artísticos para crianças e adultos durante toda a estação do Natal. Ah! e para os amantes da gastronomia tem o imperdível “campiello dei golosi”: um estande com delícias culinárias de toda a Itália.

Para os amantes das montanhas e da neve, se destaca a cidade de “Cortina d’Ampezzo”, que nesta época é delicadamente decorada e assume aromas de vinho quente com biscoitos. Em seus mercadinhos é possível encontrar presépios de madeira, arranjos de flores secas, decorações para a árvore e para a casa, velas artesanais, mobiliário de Natal e tecidos.

 Emilia Romagna

Natal na Itália - Emiglia Romana

Na Emilia Romagna o Natal é tradicionalmente decorado com muitas luzes, árvores e presépios. Cidades como Bolonha, Ravenna, Rimini, Piacenza e Ferrara também promovem seus mercadinhos de Natal, com a exposição de produtos típicos e comida de alta qualidade. As ruas e as praças principais ganham vida e cores, com diversas apresentações culturais e exposições de presépios, além da presença de acrobatas e malabaristas.

 Toscana

Natal na Itália - Toscana

Entre os vários eventos de Natal na Toscana, os da cidade medieval de Lucignano se destacam pela tradição folclórica notável, pois estão diretamente relacionados à sua condição de vila agrícola. O seu centro histórico abriga no final de semana anterior ao Natal a “Fiera del Ceppo” –  anteriormente conhecida como “Fiera del Cappone” – que reúne ícones do artesanato local e da gastronomia típica da região. Durante estes dias as ruas da pequena cidade ficam repletas de gente, cores e sabores. Uma viagem no tempo em uma das mais belas paisagens da Toscana.

Em Siena, enquanto na igreja de Santa Lúcia são feitas as celebrações religiosas como a bênção dos olhos e a oferta do pão abençoado, no centro histórico acontece uma feira que é muito popular entre as crianças. Além de cerâmica e olaria do artesanato de Siena, existem jogos, doces, e os característicos e pequenos sinos coloridos de Santa Lúcia. Na noite de véspera de Natal na Abadia San Salvatore, o calor do fogo das tochas e pastoras cantando trazem memórias antigas e você pode experimentar a magia da véspera de um Natal iluminado e medieval. A origem de “tochas” remonta ao tempo em que moradores, espalhados ao redor da abadia de San Salvatore, chegavam à cidade e acendiam fogueiras para se aquecer na vigília de Natal, à espera da missa do galo.

 Sicília

Nata na Itália - Sicília

As tradições musicais associadas com a celebração do Natal permaneceram vitais na Sicília. Apresentações de música instrumental e encenações teatrais acontecem todos os anos para comemorar o Natal. O período de preparação é a Novena de Natal, que na Sicília é aplaudida por ciaramiddari (tocadores de charamelas, uma espécie de oboé, usado antigamente pelos pastores). Durante a temporada de Natal, na Piazza del Popolo na cidade de Palazzolo Acreide, é feita uma cenografia espetacular na fachada barroca da Basílica de São Sebastião, com a árvore de Natal mais alta da Sicília e presépios de Natal de “Iblei”. No centro histórico fazem a encenação de um presépio vivo.

O Natal pode ser vivenciado não apenas no sentido religioso, ligado ao nascimento de Jesus, ou puramente como tradição folclórica relacionada às celebrações realizadas em várias cidades como o presépio vivo, mas também do ponto de vista culinário, vinculado às receitas típicas da ilha.

Sardenha

Natal na Itália - Sardenha

No interior da Sardenha, mais conhecida por seus belos destinos de praia, as tradições de Natal criam uma atmosfera antiga e com muitos sabores. Gergei e Desulo são um exemplo, com compromissos e eventos dedicados ao Natal. Becos, ruas estreitas, arcos, porões, celeiros e estábulos do centro histórico sediam o evento e servem de pano de fundo para a Palestina de dois mil anos atrás, aqui representada por personagens em trajes de época, desde a reconstrução do ambiente e do jogo mágico de acender tochas e chamas. Somam-se à beleza sagrada até mesmo o cheiro de incenso e a propagação de odores típicos do Natal: castanhas assadas, tangerina e pratos quentes típicos servidos aos viajantes.

Visitantes acompanham desde a preparação da massa e do preparo do pão, até a fundição de ferro e trabalhos em madeira para os brinquedos das crianças que perambulam pelas ruas.

Finalmente, toda a comunidade se reúne em torno de uma fogueira para trocar saudações e servir-se de bebidas quentes e pratos típicos de Natal.

 Calabria

Natal na Itália - Calabria

O cheiro forte do óleo da fritura, misturado com canela, que é derramado nas ruas e becos dos centros históricos da Calábria, avisa que o Natal está chegando. Fazer um “cullurielli”, uma espécie de rosquinha envolta em açúcar, é uma das muitas maneiras tradicionais para comemorar a vinda do Messias; segundo o costume, apenas para as famílias pobres e aqueles que estão de “luto” não é permitido esse luxo.

Este ritual é normalmente realizado no dia de Santa Lúcia, importante data de celebração na tradição calabresa, precedida por uma vigília de jejum, muito semelhante à de Natal.

Em Corigliano o menu da ceia deve ter treze variedades de frutas, entre os quais não se deve perder tremoços, morango e mirtilo. Para a ocasião se serve rigorosamente o vinho novo.

fonte:www.pesquisaitaliana.com.br

Deixe uma resposta

Nota: Os comentários neste website refletem as opiniões de seus autores e não necessariamente a opinião dos editores do Temporadas.Net. Pedimos que não use de insultos, palavrões e expressões vulgares. Reservamo-no o direito de excluir qualquer comentário sem prévio aviso.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*